Atribuições do Enfermeiro: conheça as principais funções desse profissional!

Desconto nota do Enem

Quando o tópico é a Enfermagem, geralmente resumimos o que faz um profissional da área a emergências, hospitais e a correria de um pronto-socorro. Bem, essas concepções não estão totalmente erradas. 

Porém, essa abordagem é só uma pequena fração da quantidade extensa de possibilidades que um enfermeiro pode escolher. Além de ser uma função importantíssima em hospitais e clínicas, trabalha lado a lado com médicos, nutricionistas, fisioterapeutas e psicólogos, por exemplo.  

Saiba tudo o que faz um profissional da Enfermagem

Por isso, da área da dermatologia à pediatria, vem conferir tudo o que um profissional da Enfermagem faz!

Em quais cargos e setores atua um enfermeiro?

Muitas pessoas costumam achar que o bacharel em Enfermagem atua somente no suporte aos médicos. Obviamente, essa ideia já está ultrapassada, afinal, essas pessoas são indispensáveis e estão presentes nas mais diversas áreas. Para se ter uma ideia, até atuar no próprio consultório eles podem. 

Isso, sem contar que estão presentes não só no atendimento de urgência, emergência e pré-hospitalar, mas também em casas de parto, na área da estética, em laboratórios e centros de diagnóstico, no sistema prisional, entre muitos outros.  

Algumas formas de atuação dos enfermeiros são:

  • 1. Enfermagem geral
  • 2. Enfermagem Médico-Cirúrgica
  • 3. Enfermagem Dermatológica
  • 4. Enfermagem Pediátrica
  • 5. Enfermagem Home Care
  • 6. Enfermagem do trabalho
  • 7. Enfermagem em Neurologia e Neurocirurgia
  • 8. Docência 

O que faz um enfermeiro nessas áreas?

Agora que você sabe algumas das principais – e bem diferentes, não é mesmo? – formas de atuação desses profissionais, vamos te explicar um pouco sobre cada uma delas.

Enfermagem geral

Uma das mais conhecidas, a enfermagem geral, sumariamente, comanda as equipes compostas por técnicos e auxiliares de enfermagem no atendimento a pacientes. 

Além disso, esse profissional também atua em partes administrativas, a famosa “papelada”. Isso porque, dentre as funções que desempenha, realiza cadastros de pacientes, registra quadros clínicos, dentre outras atribuições para fins de registro.

Enfermagem Médico-Cirúrgica

Nessa área, a função do enfermeiro consiste em ter cuidados pré e pós-operatórios com os pacientes. Isso ocorre em prontos-socorros, clínicas e hospitais. Além disso, está autorizado e pode pode auxiliar o médico responsável em cirurgias, desde que sejam de pequeno ou médio porte.

Enfermagem Dermatológica

Geralmente é associada a uma das áreas mais buscadas atualmente, a Enfermagem Estética. Porém, a atuação vai além disso. Nessa área, é possível trabalhar com procedimentos reparadores que envolvem o cuidado com a pele.

Porém, é também desse profissional atuar em casos de pacientes queimados, apresentando feridas, ostomias e úlceras. Por fim, este também fornece assistência em procedimentos estéticos e em cirurgias.

Enfermagem Pediátrica

Trabalhar com crianças é uma meta para você? Ao se trabalhar na Enfermagem Pediátrica, o que faz um enfermeiro voltar para os cuidados com os pequenos.

Ele deve, por exemplo, atuar no acompanhamento e avaliação do crescimento e desenvolvimento da criança. Além disso, faz o monitoramento constante deles em caso de doenças graves, auxiliando na superação e na recuperação desses pacientes

Dentre outras atribuições, estão o incentivo ao importante aleitamento materno. Sem contar que  orienta os pais quanto aos cuidados com os recém-nascidos. 

Enfermagem Home Care

Cada vez mais popular, a Enfermagem Home Care ou, traduzindo, Enfermagem domiciliar, tem aparecido com frequência  nos pacotes de planos de saúde e espaços clínicos particulares. 

Afinal, o atendimento em casa tem várias vantagens, sobretudo para pacientes em situações mais delicadas ou que necessitam de cuidado constante e ininterrupto. Aliás, é uma boa alternativa também para grupos de risco que ainda não podem se expor ao Coronavírus. Podendo realizar procedimentos como, por exemplo, os cuidados paliativos. 

Sendo assim, podemos considerar que uma das principais funções desse profissional também é o de aliviar o sofrimento do paciente, além de oferecer auxílio profissional para dar banho, ministrar medicamentos e realizar todo o acompanhamento necessário.

Enfermagem do trabalho

Nessa área, o nome é autoexplicativo, mas as funções são muitas. O profissional deve prestar atendimento ambulatorial em empresas e outras corporações laborais, além de acompanhar programas de prevenção e manutenção da saúde dos funcionários.  Além disso, tem a autorização para fazer exames iniciais para fins de  encaminhamento médico.

Inclusive, além de acompanhar, é um dos responsáveis por implementar programas de prevenção de doenças e de conscientização, de forma a proporcionar melhor qualidade de vida no dia a dia dos funcionários.

Enfermagem em Neurologia e Neurocirurgia

Essa função exige, acima de tudo, a observação sistemática por parte do profissional.

Isto é, focar no planejamento, na análise e na coleta de dados do paciente, para a identificação de padrões e elaboração de planos de ação.

Isso porque, na rotina desse tipo de  enfermeiro, é absolutamente necessário que o profissional consiga identificar, o quanto antes, sinais e sintomas de complicações de quadros neurológicos. Ou então de possíveis melhoras e recuperação.

Sendo assim, é exigido uma grande dedicação do tempo do enfermeiro, já que, em muitos casos, o profissional precisará prestar assistência constante ao paciente que, por muitas vezes, pode ser totalmente dependente dos cuidados ministrados.

Docência

Por fim, chegamos em uma área que, na verdade, é bem distinta das anteriores.

Se nem a estética, o home care ou a enfermagem geral são áreas que te atraíram, por exemplo, há uma alternativa que se distancia um pouco do “front” de ação desse profissional.

No caso, o docente poderá ministrar aulas para estudantes da área técnica, da pós-graduação ou do ensino superior, mas isso não é tudo. Afinal, o profissional também pode atuar como na  supervisão de estágios, em pesquisas, ou serem especialistas e desempenharem funções em organizações públicas, privadas ou ONGs.

Além da graduação, é fundamental que você possua uma especialização, isso sem contar que a prática no mercado de trabalho também é um grande diferencial. 

São muitas possibilidades, não é mesmo?

Se o curso de Enfermagem te deixava na dúvida sobre o que faz um profissional da área, agora você sabe que a atuação vai muito além do pronto-socorro.

A Unic te ajuda a conquistar um diploma de Enfermagem!

Com 32 anos de tradição, a Unic tem um sistema de ensino capaz de preparar o aluno para enfrentar o mercado de trabalho com muito dinamismo e interatividade. Com os laboratórios equipados, os estudantes aprendem na prática, vivenciando a realidade da profissão que escolheu trilhar.

Se você deseja se tornar um enfermeiro em uma faculdade pronta para te apoiar, clique aqui e se inscreva hoje mesmo para o vestibular. Dê o primeiro passo para a sua formação!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.7 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Formas de ingresso na faculdade

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.